Amara Saadeh- Coordenadora

Aziza El Shadday

Amyra El Shadday

Ayla

Ale Rashid

Brbara Santana

Chahd Nasri

Dandara El Shadday

Dahra El Shadday

Esmeralda Saadeh

Farasha

Hayfa El Nur Saadeh

Hadassah El Shadday Chada

Halimah El Shadday

Hanaa Sadala

Jasmyne El Shadday

Jamile

Juh Strutz

Lakshmy Akanksha

Mila Saadeh

Malayka Johari

Maya El Shadday

Naima

Nina Nayad

Nourin El Rayek

Ruby El Faridah

Rayzel El Shadday

Smra Zafirah

Samira Attieh

Salihah El Shadday

Sahara El Shadday Saadeh

Yasmin

Zafirah

Zohara El Shadday

Hadarah El Shadday





   

Ale Rashid



Ale Rashid

Ale Rashid descobriu a arte milenar da dança do ventre aos 7 anos de idade, no Rio Grande do Sul, onde aos 16 anos foi convidada pela diretora do grupo em que fazia parte para ministrar aulas com ela, ensinando crianças a partir de 2 anos de idade até mulheres da maturidade ativa. O projeto para a maturidade ativa foi um convite do SESC de sua cidade, onde era o local em que as aulas aconteciam.

Chegando em São Paulo, Ale entrou para o time Luxor em 2017 e atualmente é professora das unidades Jardins e Campo Belo.

Ale dançou três vezes como convidada no show de gala do EIDA (Encuentro Internacional de Danzas Árabes) na Argentina, em 2011, 2012 e 2015, onde além da experiência internacional, participou de workshops com bailarinos internacionais renomados como Amir Thaleb, Saida Helou, Yamil Annun, Sabrina Colman, Pablo Acosta, Randa Kamel, Gamal Seif, Sharon Kihara, Jillina, Alida, Lourdes, Diva Darina, Munique Neith, Bozekka, Raqia Hassan, Leandro Ferreyra, Belén Millón, Anwar Kamel, entre outros.

Fora a experiência internacional, aos 8 anos de idade Ale fez seu 1 Workshop com a Michele Trentin, o que fez com que ela sempre procurasse estudar com todos os profissionais que pudesse, tendo participado de inúmeros workshops com profissionais brasileiros também, além de ter tido aulas com o Guilherme Gul, aprendendo a tocar alguns ritmos no Derbake e estudá-los mais a fundo.

Ale participou de inúmeros festivais e concursos de dança pelo Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro e Uruguai. tendo sido premiada não só em seus solos, mas com os grupos de suas alunas também, inclusive no Mercado Persa de 2011. Em 2018 conquistou o papiro internacional no FIEL.

Além da dança do ventre, Ale iniciou no ballet aos 2 anos de idade e aos 5 no jazz e contemporâneo, aos 12 anos seguiu somente com a dança do ventre, mas sempre estudando outras danças como bollywood, tribal, street dance e dança de salão. Atualmente pratica poledance e circo (lira e tecido circense).

Fora da vida de bailarina, Ale é jornalista e administra um Portal de turismo e gastronomia porque viajar, conhecer diversas culturas e escrever sobre tudo isso também é uma de suas paixões.









Voltar
 



 

 

Telefones e e-mails para maiores informações clique aqui.